Warning: "continue" targeting switch is equivalent to "break". Did you mean to use "continue 2"? in /home/storage/9/2d/f0/fimacodobrasil/public_html/blog/wp-content/themes/Divi/includes/builder/functions.php on line 5892
Manutenção de caldeira: 5 motivos para mantê-la em dia!
Escolha uma Página

Garantir uma manutenção de caldeira eficiente é de suma importância para qualquer indústria. Negligenciar esse tipo de cuidado pode trazer grandes prejuízos e até colocar a segurança de muitos em risco.

Caldeiras são equipamentos capazes de gerar energia e que operam em alta pressão. Isso significa que, quando seus parâmetros de operação não são precisos, elas oferecem sérios riscos caso ocorra qualquer erro durante seu funcionamento.

A seguir, confira os 5 principais motivos para manter a manutenção de caldeira em dia, conheça as principais obrigações legais sobre o tema e descubra como garantir uma rotina eficiente de revisões. 

Qual a importância da manutenção de caldeira?

Fator indispensável para o andamento das operações, a manutenção de caldeira deve fazer parte da lista de prioridades de qualquer indústria. Confira os 5 principais aspectos que reforçam a importância de cuidar bem desse tipo de equipamento: 

1 Evite prejuízos

Por serem máquinas robustas, feitas para gerar elevadas quantidades de calor e vapor de forma contínua, as caldeiras exigem um alto investimento no mercado. Com isso, é fácil entender o prejuízo que você pode ter ao danificar sua estrutura.

2 Saiba quando realizar correções

Ao investir em manutenções periódicas, você poderá identificar com precisão qualquer indício de problema antes que ele comprometa suas operações.

3 Garanta mais segurança no trabalho

O fator “segurança” é central em qualquer indústria. Por trabalhar sempre sob alta pressão, a caldeira exige monitoramento constante, para que nenhum indício de possíveis problemas passe despercebido. 

A falta de manutenção da caldeira mantém os colaboradores – e até mesmo a comunidade – em risco contínuo. Sendo assim, caso ocorra qualquer acidente, o responsável pelas operações poderá responder criminalmente pelo descuido.

4 Valorize o seu investimento

Como mencionado anteriormente, caldeiras são equipamentos custosos. Uma boa manutenção prolonga a sua vida útil, o que valoriza o dinheiro investido. A ausência desse cuidado, por outro lado, pode dobrar os prejuízos.

5 Elimine o risco de falhas inesperadas

Manter a manutenção da caldeira em dia traz maior segurança para as operações, diminuindo significativamente o risco de qualquer acidente grave. 

O cuidado também evita interrupções inesperadas por falhas no equipamento, que podem pesar muito no orçamento da empresa.

Agora que você já sabe quais são as vantagens de preservar o seu equipamento, no próximo item, descubra quais são as exigências legais relacionadas à correta manutenção de caldeira. 

Quais obrigações são previstas em lei?

É justamente para garantir os princípios básicos de uma boa manutenção de caldeira que existe a norma regulamentadora NR13, aprovada pela Portaria n° 3.214 de 08 de junho de 1978 do Ministério do Trabalho e Emprego.

De maneira geral, ela estabelece todos os requisitos que devem ser atendidos por empresas que utilizem as caldeiras a vapor, vasos de pressão e tubulações de interligação.

O fator “manutenção” é o ponto principal da NR13, que visa, acima de tudo, a segurança e saúde dos trabalhadores. 

Sob esse aspecto, a norma destaca é que é dever da empresa garantir todas as medidas possíveis para eliminar, reduzir ou controlar possíveis riscos:

“Os instrumentos e controles de caldeiras devem ser mantidos calibrados e em boas condições operacionais, constituindo condição de risco grave e iminente o emprego de artifícios que neutralizem sistemas de controle e segurança da caldeira.”

É também papel da empresa apresentar toda a documentação que atesta o devido cumprimento das NRs ao Ministério do Trabalho sempre que solicitado – onde também se inserem os controles de manutenção. 

A organização é obrigada também a assegurar que os devidos testes e reparos nas caldeiras sejam realizados com condições plenas de segurança, evitando quaisquer danos à integridade física dos profissionais envolvidos. 

Além das próprias caldeiras, a NR13 destaca que o monitoramento, as avaliações e eventuais reparos também devem ser feitos em equipamentos auxiliares ao seu funcionamento, como bombas, filtros, motores, geradores, entre outros. 

Para que você não tenha problemas ao adotar esses cuidados, no próximo item, saiba mais sobre como garantir uma boa manutenção de caldeiras!

Como garantir uma boa manutenção de caldeiras?

Além dos pontos anteriores, é bom considerar algumas dicas extra para otimizar a manutenção das caldeiras. Confira:

Não deixe de limpar periodicamente

Uma boa limpeza periódica pode reduzir diversos riscos em uma caldeira, já que fuligem, certas incrustações e diferentes resíduos podem prejudicar o funcionamento de uma caldeira industrial.

Sem esse cuidado, pode ocorrer uma redução significativa da eficiência em transferir calor e a elevação das chances de avarias. 

Uma boa limpeza dos tubos de caldeiras – por meios mecânicos ou mesmo químicos – deve ser regular.

Promova o tratamento da água de alimentação

Outro ponto fundamental da manutenção industrial envolve um sistema de tratamento da água de reposição. Se não for tratada, essa água pode gerar sérios problemas para as caldeiras, como a corrosão.

Essa corrosão, que ataca as partes metálicas do equipamento, pode levar a sua ruptura. Outro problema é a incrustação na superfície de troca térmica, que pode levar ao superaquecimento.

Por conta disso, é bom ter em mente a importância do tratamento da água, diminuindo os riscos destes e demais problemas.

Registre os serviços de manutenção

Para que suas caldeiras industriais mantenham a qualidade no funcionamento, outro ponto importante envolve os registros de todos os serviços e manutenções. Sem essa gestão apurada, dificilmente você conseguirá otimizar o processo.

Todos os dias, registre as temperaturas da água, dos gases de combustão e da pressão. Assim, esses dados fornecem informações que podem ser muito úteis no momento de diagnosticar problemas.

Em outras palavras, é uma forma de acompanhar de perto o funcionamento do equipamento para antecipar suas ações diante de eventuais avarias.

Realize testes diários de intertravamento da caldeira

Caldeiras industriais oferecem funções como as de intertravamentos, feitos para manter maior controle e segurança no equipamento. Para mantê-los em boas condições, são precisos alguns testes diários.

Essa etapa não é exatamente uma manutenção, mas faz parte dela sob o ponto de vista preventivo, como destaca o blog XH Mar

Realize simulações de situações de alarme, por exemplo. Verifique os sistemas de controle e observe suas respostas.

Estes testes podem trazer informações valiosas sobre o funcionamento da caldeira, levando a ações preventivas e focadas nos melhores resultados.

Sua indústria está com a manutenção de caldeira em dia? Gostou das nossas sugestões? Quer ficar por dentro de ainda mais dicas importantes para a sua empresa? Então continue acompanhando o nosso blog


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0